Fale conosco pelo WhatsApp

CoolSculpting® na barriga

Equipamento de criolipolise coolsculpting
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 05/01/2022

CoolSculpting® na barriga entrega resultados associados à redução de medidas e amenização de depósitos de gordura. Saiba aqui como o tratamento funciona e indicações.

Cada vez mais pacientes buscam por tratamentos alternativos às cirurgias plásticas, mas que entregam resultados satisfatórios, seguros e naturais sendo menos invasivos. Esse é o caso do CoolSculpting® na barriga.

O CoolSculpting® na barriga tem uma procura crescente por pacientes que almejam reduzir os depósitos de gordura localizada, mas antes de decidir pelo tratamento é importante saber como ele é realizado, as indicações e resultados que podem ser alcançados. Saiba mais a seguir.

O que é CoolSculpting®?

O CoolSculpting® é uma tecnologia de criolipólise desenvolvida em 2010 por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) para uso em humanos.

Até então, a técnica de criolipólise, que havia sido desenvolvida em 2007, só havia sido testada em animais, com resultados iniciais promissores que motivaram a continuação nas pesquisas.

O equipamento de CoolSculpting® promove o congelamento controlado e homogêneo da região tratada, resultando em um resfriamento que pode alcançar temperaturas de -7 a -10ºC.

As baixas temperaturas congelam as células adiposas que se rompem e são posteriormente eliminadas naturalmente pelo organismo em um processo chamado de apoptose, que consiste em uma morte celular programada.

Esse processo é diferente do que ocorre em casos de emagrecimento por alimentação e exercícios físicos. Nesses casos, as células adiposas têm o volume reduzido, mas não são eliminadas do organismo, permanecendo na mesma quantidade.

Dessa forma, o CoolSculpting® na barriga entrega resultados duradouros, uma vez que há uma redução da quantidade de células adiposas do local tratado.

Apesar desses resultados, o CoolSculpting® não é um tratamento indicado para emagrecimento, uma vez que promove uma redução das medidas e dos depósitos de gordura localizada, mas não a perda de peso.

No caso do CoolSculpting® na barriga, o tratamento contribui para amenizar depósitos de gordura localizados na parte frontal do abdômen e nos flancos, os chamados culotes.

O tratamento, no entanto, não contribui para eliminação de outras insatisfações estéticas nesse local, como diástase pós-parto, flacidez ou celulite. Nesse caso, pode usar o protocolo do Emtone®, que usa radiofrequência para amenizar a celulite ao atingir todas as camadas da pele.

Quais as indicações do CoolSculpting na barriga?

O CoolSculpting® na barriga é indicado para homens e mulheres com mais de 18 anos que queiram eliminar depósitos de gordura localizada mais resistentes no abdômen e flancos.

Esse tipo de gordura localizada dificilmente é eliminado mesmo com a associação de cuidados na rotina, como exercícios físicos e alimentação balanceada. Por tal razão, a técnica torna-se mais indicada para pacientes que associam cuidados, ainda que esse fator não seja decisivo na realização do tratamento.

Para que o CoolSculpting seja recomendado, também é importante que o paciente não tenha expectativas de emagrecer com a técnica, pois esse não é um dos resultados promovidos.

Além de saber em quais casos o CoolSculpting na barriga é indicado também é preciso conhecer as contraindicações, que incluem:

  • pacientes com crioglobulinemia;
  • pessoas com doença de aglutininas a frio;
  • pacientes com hemoglobinúria paroxística a frio;
  • pacientes com hérnia umbilical;
  • pessoas com alterações de coagulação;
  • pacientes com sobrepeso significativo;
  • casos de urticária ao frio;
  • gestantes e lactantes.

O tratamento também é contraindicado para pacientes com obesidade, pois como visto, não se trata de uma técnica que entrega resultados de perda e controle de peso.

Como é feito o tratamento?

O CoolSculpting® na barriga deve ser realizado em uma clínica especializada e ser indicado e conduzido por um dermatologista, médico qualificado a realizar essa técnica com segurança.

Em geral, não é necessária a administração de anestésico para realização do procedimento. Utiliza-se uma película em gel entre o aparelho e a pele do paciente para proteger contra as baixas temperaturas e evitar que células adjacentes sejam resfriadas.

Utiliza-se uma ponteira para fazer o resfriamento do local tratado. Com o equipamento é feito o congelamento das células adiposas, em seguida, o especialista retira a ponteira e faz uma leve massagem manual para voltar ao normal.

O congelamento rompe as células adiposas de forma que quando voltam à temperatura normal já não estão mais íntegras e o organismo inicia um processo para eliminá-las.

Após a realização do tratamento, os pacientes conseguem retomar as atividades cotidianas no mesmo dia, não demandando afastamento ou repouso.

Existem riscos no tratamento?

É fundamental que o médico dermatologista informe ao paciente sobre possíveis efeitos colaterais e riscos associados ao tratamento com o CoolSculpting® na barriga.

Durante a sessão em si, os desconfortos costumam incluir beliscões e repuxões na pele, sensação de frio, formigamento e cãibras decorrentes da sensibilidade às baixas temperaturas, mas tais incômodos ocorrem apenas no começo e o procedimento não causa dor.

Após o tratamento podem ocorrer efeitos colaterais leves nos primeiros dias, como: vermelhidão, coceira e sensação de dormência.

Há ainda ocorrências raras que, apesar de extremamente incomuns, precisam ser avisadas aos pacientes, como: escurecimento da pele, queimadura pelo frio, surgimento de nódulos enrijecidos no local tratado e a hiperplasia adiposa paradoxal (HAP), que consiste no aumento do tecido adiposo.

A HAP é uma ocorrência rara associada à criolipólise e pode demandar a realização de intervenção cirúrgica para correção.

O CoolSculpting conta com protocolos de segurança embutidos no aparelho visando reduzir as chances de lesões decorrentes do resfriamento na pele e minimizando os riscos do tratamento.

Além disso, alguns cuidados reduzem as chances de efeitos colaterais no tratamento, como buscar auxílio médico especializado, não omitir problemas de saúde prévios do profissional responsável e optar pelo tratamento com o CoolSculpting®, equipamento mais seguro para realização de tratamento de criolipólise.

Como é o antes e depois do CoolSculpting®?

O tratamento de CoolSculpting® na barriga não demanda cuidados prévios como ocorre com a cirurgia plástica, como a realização de exames pré-operatórios. Portanto, não existem cuidados específicos antes da técnica.

Após a realização do procedimento o paciente pode retomar suas atividades normalmente, sendo que não é necessário seguir recomendações especiais.

Os resultados com o CoolSculpting® na barriga que incluem redução dos depósitos de gordura e das medidas começam a ser observados entre 3 e 4 semanas após o tratamento, no entanto, o organismo pode levar até 6 meses para eliminação das células adiposas.

Caso o paciente associe o CoolSculpting® na barriga com cuidados diários, como prática de exercícios e alimentação balanceada, são maiores as chances de resultados mais satisfatórios. Agende sua consulta aqui e saiba mais!

Referências:

Health Harvard;

Coolsculpting®