Fale conosco pelo WhatsApp

O que causa a celulite?

Mulher pressiona coxa para achar celulite
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 09/07/2021

A celulite é uma alteração de pele que causa bastante incômodo entre os pacientes, e saber como ela se forma é essencial para evitá-la

A celulite é uma alteração que deixa a pele com aspecto de “casca de laranja” que, apesar de ser muito normal entre as pessoas, causam muito incômodo. Entenda melhor o que causa a celulite, como ela se forma e como tratar esse problema.

O que é celulite?

“Celulite” é um termo popular para designar a lipodistrofia ginoide, que se dá pelo acúmulo de gordura sob a pele. Esta alteração se caracteriza pelo aspecto ondulado da epiderme, os famosos “furinhos” que aparecem em algumas áreas no corpo.

A celulite afeta cerca de 95% da população feminina, sendo um problema que se manifesta em todas as etnias, embora seja mais comum nas mulheres de pele branca. A alteração raramente é observada em homens, mas pode ser encontrada em casos em que há desiquilíbrio hormonal.

A celulite tende a ocorrer em áreas do corpo em que a gordura é afetada pelo estrogênio (hormônio feminino), como quadril, nádegas e coxas. Também pode ser vista nas mamas, abdômen inferior, braços e pescoço, bem como outras áreas onde as mulheres têm mais depósitos de gordura. A obesidade não é uma condição necessária para ocorrência do problema, e existem muitas mulheres magras que têm celulite.

A celulite não é considerada uma doença, mas pode causar desconforto nas mulheres por conta da aparência que a alteração confere à pele.

Como é formada a celulite?

A causa da celulite ainda não foi definida, e existem muitas suposições a respeito da alteração, mas nenhuma que determine uma causa em específico. Os fatores predisponentes podem ser hereditários, além de sexo, biotipo corporal e distribuição de gordura. É causada por alterações no tecido adiposo sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e, como consequência, aumento do tecido fibroso.

Entre os fatores de predisposição estão:

  • Alterações hormonais: níveis de estrogênio muito altos provocam disfunções no metabolismo que podem originar ou agravar a celulite;
  • Problemas de circulação: quando há problema com a fluidez do sangue, a drenagem das toxinas fica prejudicada e isso deixa o líquido que fica entre as células mais viscoso;
  • Problemas hereditários: o fator genético precisa ser avaliado pelo médico dermatologista;
  • Estilo de vida: má alimentação, sedentarismo e falta de hidratação são fatores muito importantes que devem ser levados em conta também.

Quais são os tipos de celulite?

Agora que você entendeu o que causa a celulite e como ela é formada, mas existem diferentes tipos de celulite, bem como diversos graus da alteração. Esses graus variam de acordo com:

  • Número e profundidade de depressões;
  • Aspectos das áreas elevadas da celulite;
  • Presença da flacidez;
  • Presença de lesões elevadas.

Cada item acima recebe uma pontuação de 0 a 3, de acordo com a soma dessa pontuação, podemos concluir que a presença de celulite é:

  • Leve: de 1 a 5 pontos;
  • Moderada: de 6 a 10 pontos;
  • Grave: de 11 a 15 pontos.

Como posso tratar a celulite?

A partir da identificação do tipo de celulite do paciente, é possível indicar o tratamento mais eficaz. Cabe a um dermatologista fazer o diagnóstico de o que causa a celulite no indivíduo e qual a metodologia mais adequada para tratar o caso.

Alguns dos principais tratamentos disponíveis atualmente são:

  • EMTONE: tem como objetivo principal combater a celulite e flacidez, geralmente é associado a outro tratamento;
  • X wave;
  • Onda;
  • Powershape 2;

Vale ressaltar que nenhum desses tratamentos é milagroso e acaba com celulites. Apesar de muito eficazes, os resultados só serão perceptíveis se o paciente adotar também uma rotina saudável, com dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos.

Entre em contato com a clínica Cláudia Savassi e agende a sua consulta para descobrir o que causa a celulite no seu corpo e qual melhor tratamento para você!

Fontes:

Sociedade Brasileira de Dermatologia.